Segunda, 18 de Junho de 2018

Agropecuária é destaque no crescimento do PIB

3 SET 2010Por 10h:00
     

A agropecuária foi o setor da economia que apresentou o maior crescimento no segundo trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior, com um aumento de 2,1%. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a indústria cresceu 1,9% e o setor de serviços, 1,2%.

Em relação aos componentes da demanda interna, o destaque ficou com a formação bruta de capital fixo (investimento planejado), com crescimento de 2,4%. O consumo da administração pública cresceu 2,1% e o das famílias, 0,8%.

No lado externo, as importações de bens e serviços cresceram 4,4% e as exportações, 1,0%. A taxa de investimento ficou em 17,9% do Produto Interno Bruto (PIB) e a taxa de poupança bruta foi de 18,1%.

Já na comparação do segundo trimestre deste ano com o mesmo período de 2009, a maior alta ficou com a indústria, que cresceu 13,8%. A agropecuária cresceu 11,4% e os serviços tiveram expansão de 5,6%.

Nesse tipo de comparação, o investimento também foi o que mais cresceu entre os componentes da demanda interna, com taxa de 26,5%. O consumo das famílias aumentou 6,7% e as despesas do governo cresceram 5,1%.

No acumulado do primeiro semestre, as taxas de crescimento foram os seguintes: agropecuária (8,6%), indústria (14,2%), serviços (5,7%), investimento (26,2%), consumo das famílias (8,0%) e despesas do governo (3,6%).

No acumulado dos 12 meses, as taxas foram: agropecuária (1,6%), indústria (5,6%), serviços (4,5%), investimento (8,9%), consumo das famílias (6,9%) e despesas do governo (3,4%).

Leia Também