Campo Grande - MS, domingo, 19 de agosto de 2018

economia

Agropecuária deve continuar crescendo nos próximos meses, diz Mantega

5 JUN 2011Por Portal Agronegócio09h:20

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, considerou excelente o desempenho do agronegócio no primeiro trimestre desse ano e se disse otimista em relação ao setor nos próximos meses. Em entrevista coletiva, ele detalhou o resultado do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro de janeiro a março, nessa sexta, dia 3, em São Paulo. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a economia brasileira cresceu 1,3% em comparação com o quarto trimestre de 2010, com contribuição da agropecuária no resultado e 4,2% na comparação com o primeiro semestre de 2010.
 
Mantega avaliou que a economia está se acomodando às medidas do governo, como o aperto no crédito para o consumo. O ministro admitiu que a economia deve crescer menos que isso nos próximos meses, mas ressaltou que isso não significa algo negativo.
 
A riqueza gerada pela agropecuária cresceu 3,3% na comparação entre os primeiros três meses deste ano e os quatro últimos de 2010. Foi o melhor desempenho nesta comparação. Em relação ao primeiro trimestre de 2010, o aumento foi de 3,1%, atrás dos serviços e da indústria. No acumulado dos últimos 12 meses, o avanço foi de 5,8%, atrás apenas do setor industrial.
 
De acordo com os dados do IBGE, dois fatores podem explicar o crescimento da agropecuária no primeiro trimestre, o aumento da produtividade na lavoura e o desempenho de produtos como soja, milho, arroz e algodão. O ministro da Fazenda acredita que, mesmo com a economia crescendo de forma mais moderada, o setor deve continuar tendo resultados positivos nos próximos meses.
 
O ministro disse ainda que as commodities têm sido essenciais para o bom desempenho do comércio exterior. E estimou um saldo positivo de US$ 25 bilhões para a balança comercial em 2011. Sobre o dólar baixo, que preocupa os exportadores, afirmou apenas que o governo está vigilante.
 

Leia Também