Campo Grande - MS, quinta, 16 de agosto de 2018

Agrícultor é acusado de matar e queimar corpos do pai e madrasta

4 SET 2008Por 20h:00
     

        Um agricultor de 25 anos foi preso, nesta quinta-feira (4), sob a suspeita de ter envenenado e queimado a própria família por três dias. O crime teria acontecido no começo de agosto, mas só agora foi descoberto pela polícia de Alenquer (PA).
        
        De acordo com a investigação do caso, os corpos de um homem, de uma mulher e de três crianças foram encontrados dentro de uma espécie de forno usado para fazer tijolos. O equipamento fica a cerca de 200 metros da casa onde vivia o suspeito.

         

        Segundo informações da polícia, o corpo do homem seria do pai do agricultor preso. O da mulher seria da madrasta dele. A identidade das crianças ainda não foi confirmada. Preso, o jovem teria assumido o crime e alegado que sofria ameaças de morte. Ainda segundo a polícia, ele teria oferecido comida com raticida para as vítimas.

        Com informações do site G1
        
        

         

Leia Também