Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Agetran garante 30 ônibus a mais no domingo

1 OUT 2010Por ANAHI ZURUTUZA e Silvia tada00h:00



As linhas de ônibus troncais (interbairros) e para algumas regiões da Capital serão reforçadas no domingo das eleições. Normalmente, a Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) dispõe de 192 carros para circular na cidade aos domingos; no dia 3 serão 30 a mais que o normal, chegando a 222. Em cada um dos nove terminais terá três veículos a mais para entrar em operação em caso de necessidade, informou o diretor do Departamento Operacional, Luis Alencar Filho.
Linhas que aos domingos não funcionam, como Parque dos Poderes e Chácara das Mansões, terão viagens programadas. Para a região onde estão localizados todos os cartórios eleitorais haverá uma linha com três carros operando, saindo do centro. Para moradores da saída para São Paulo, próximo da Colônia de Férias, serão cinco viagens – as três que normalmente saem do bairro e mais duas extras.
Um carro a mais sairá do Terminal Nova Bahia com destino ao Parque dos Poderes; os bairros Dom Antônio e Parque do Sol também terão um ônibus a mais. “São regiões que receberam grande número de novos moradores, que às vezes não tiveram tempo para transferir seus títulos de eleitor para próximo de suas casas. Portanto, necessitarão do transporte coletivo”, ressaltou Alencar.

Força-tarefa
Para evitar transtornos aos eleitores, a Agetran e a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) prepararam uma força-tarefa para organizar o trânsito em Campo Grande. No total, 70 homens, entre agentes de trânsito e policiais, estarão nas ruas durante o período de votação e, à noite, enquanto estiver acontecendo a apuração.
O major Alírio Vilassanti Romero, comandante da Ciptran, afirma que 40 policiais vão trabalhar no domingo. “Vamos nos concentrar na região central e nas seções eleitorais mais movimentadas, como a Escola Joaquim  Murtinho, na Afonso Pena, no Dom Bosco, no Lúcia Martins Coelho (Rua Bahia)”.
De acordo com Vilassanti, parte dos policiais ficará circulando em dez viaturas, 15 estarão em motocicletas e o restante estará fazendo a orientação dos motoristas nos cruzamentos. “Estaremos em regime de plantão, por isso, se qualquer cidadão tiver alguma reclamação sobre o trânsito em algum ponto da cidade pode entrar em contato com a Polícia Militar que deslocaremos policiais para o local”.
A Ciptran vai, ainda, auxiliar no serviço de escolta do transporte da urnas eletrônicas até o Tribunal Regional Eleitoral (TRE/MS) ao término da votação.

Leia Também