sexta, 20 de julho de 2018

INFRAÇÕES

Agetran expediu 496 multas de trânsito na Capital

3 DEZ 2010Por 16h:10

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) divulgou esta semana o relatório de infrações registradas pelo equipamento “Olho Vivo” e as estatísticas da Junta Administrativa de Recursos de Infração (Jari), registrados entre janeiro e setembro deste ano. O levantamento realizado pela agência totalizou 498 multas.

Com este tipo de controle, é possível identificar infrações por avanço de sinal vermelho (260) e excesso de velocidade (198). Os condutores que forem autuados podem incorrer em falta média, grave e gravíssima, perdendo de 4 até 7 pontos na carteira nacional de habilitação. Já o número de veículos registrados no mês de setembro chegou a 1.204.38 em Campo Grande

Relatório – Os motoristas que receberem multa e quiserem recorrer devem procurar a Junta Administrativa de Infração (Jari) para justificar a situação em que foram flagrados pelo equipamento. e o processo para protocolar a defesa está disponível no http://www.prefeituradecampogrande.com.br/agetran, no link multa de trânsito.

Cabe ressaltar que a primeira situação a ser apurada é se o caso é de competência municipal ou estadual. Os usuários que não têm acesso à Internet podem comparecer na Agetran, localizada na avenida Gury Marques, 2395, bairro Universitário. O horário de atendimento é das 8h às 11h e das 13h às 16h.

O prazo da junta é de 30 dias para julgar os recursos de infrações, conforme artigo 285 do Código de Trânsito Brasileiro e o resultado será divulgado por meio de oficio emitido via postal, publicação no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande), pela Internet ou no telefone (67) 3314-3419.

Em caso do motorista não concordar com o resultado do julgamento em primeira instância, o mesmo poderá protocolar recurso de segunda instância ao Conselho Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Cetran /MS)

Leia Também