Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

TRÂNSITO

Agetran começa a utilizar radares móveis nas ruas de Campo Grande

Agetran começa a utilizar radares móveis nas ruas de Campo Grande
26/02/2014 16:40 - Gabriel Maymone


A Agência Municipal de Trânsito (Agetran) começou a utilizar, nesta quarta-feira (26), os radares portáteis nas ruas de Campo Grande. Os equipamentos entraram em operação logo no início da manhã, desta vez na Avenida Duque de Caxias, local em que se constatou que os motoristas têm excedido os 50 km/hora, permitido na extensão da via próxima da Vila Militar.

De janeiro até hoje, de acordo com o Placar da Vida, Campo Grande registrou 15 mortes causadas por acidentes de trânsito na Capital, sendo o excesso de velocidade o principal fator de risco para acidentes graves e fatais.

De acordo com o diretor da Diretoria de Trânsito da Agetran, Elídio Pinheiro, a estratégia é levar a fiscalização para as vias em que se constatou um número expressivo de acidentes, devido ao excesso do limite de velocidade. O diretor esclarece que a fiscalização, que ocorre com o apoio do Batalhão de Policiamento de Trânsito - Bptran da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, é feita em vias nas quais existem a sinalização vertical, por meio de placas, indicando a velocidade permitida. “Não temos qualquer intenção de pegar o motorista de surpresa. A fiscalização ocorrerá a partir de hoje em vias em que ele já sabe qual a velocidade permitida. As placas indicam e é indispensável que os motoristas respeitem. Não é apenas a vida dele e dos demais passageiros do veículo ou motocicleta que está em risco, mas a dos demais motoristas e pedestres que acabam vítimas dessa irresponsabilidade no trânsito e os dados são alarmantes”, considera.

Neste primeiro momento, a Agetran está operando com dois equipamentos de radar portátil estático. Os equipamentos vão auxiliar nas fiscalizações de trânsito e a estratégia funcionará da seguinte maneira: agentes de trânsito em conjunto com o efetivo da Bptran ficam visíveis ao longo da extensão da via com o equipamento em mãos para registrar a velocidade. Ao constatar o excesso do limite permitido, a equipe aciona um segundo grupo que fica em seguida para abordar o veículo e notificar o motorista infrator. A fiscalização irá acontecer com frequência e, de acordo com a Agetran, a medida deverá contribuir significativamente para uma nova postura dos motoristas que têm o hábito de não respeitarem as leis de trânsito. 

Felpuda


As pré-candidaturas bizarras estão se espalhando nas redes sociais, nos perfis de quem acredita que esse tipo de “campanha eleitoral” poderá resultar em votos e até levar à conquista de uma vaga na Câmara Municipal de Campo Grande. Se antes isso era visto apenas no horário eleitoral na TV, agora está se espalhado como erva daninha nas redes. Como diria vovó: “Esse povo ainda se acha!” Afe!