Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

LEGISLATIVO E JUDICIÁRIO

Ageprev vai recadastrar 6 mil servidores em MS

24 MAR 11 - 00h:01DA REDAÇÃO

A Agência Estadual de Previdência Social (Ageprev), através de uma parceria com o Ministério da Previdência, vai recadastrar a partir de abril servidores ativos e inativos dos poderes Legislativo e Judiciário de Mato Grosso do Sul.

Conforme o diretor-presidente da Ageprev, Moacyr Roberto Salles, o objetivo do recadastramento é definir o perfil do servidor destes poderes e formular um censo previdenciário assim como foi realizado pela agência estadual com o Poder Executivo em 2010.

“Os servidores deverão comparecer às suas unidades de lotação, onde a Ageprev irá montar um posto de recadastramento para receber os dados destes profissionais”, informa Moacyr Salles.

Aqueles que estão no interior do Estado e são servidores do Judiciário devem ser recadastrados nas unidades regionais, como os fóruns municipais. Somente servidores do Legislativo e Executivo estadual estão entre os que deverão fazer o recadastramento. “E apenas servidores de cargo efetivo”, salienta o diretor-presidente da Ageprev.

De acordo com Moacyr Salles, o censo previdenciário deve apresentar dados importantes sobre recursos e quanto é destinado para a Previdência destes poderes. Ainda deve ser definido o calendário de recadastramentos em cada unidade de lotação dos servidores, porém já está acordado que o período se inicia em abril e deve terminar até o dia 30 de junho, segundo prevê o diretor-presidente da Ageprev.

Cerca de seis mil servidores ativos e inativos dos dois poderes devem ser recadastrados pela Ageprev nos próximos meses. Os inativos serão informados do recadastramento via Correios.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Foi preciso coragem para publicar MP dos balanços, diz Bolsonaro

BRASIL

'Se for para ser um banana, um poste, estou fora', diz Bolsonaro

Obras da alça que dá acesso ao Rio Paraguai é prioridade, diz governador
ROTA BIOCÊANICA

Obras da alça que dá acesso ao Rio Paraguai é prioridade, diz governador

BRASIL

Ministro da Cidadania suspende edital com séries LGBT, após críticas de Bolsonaro

Mais Lidas