Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DENGUE

Agentes vão inspecionar 15 mil imóveis da Capital

Agentes vão inspecionar 15 mil imóveis da Capital
09/01/2014 00:00 - DA REDAÇÃO


A Prefeitura de Campo Grande pretende vistoriar mais de 15,4 mil imóveis urbanos da Capital, onde há forte risco de presença de focos de dengue. A ação faz parte de “fiscalizações surpresas”, que contam com a presença de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde e de Meio Ambiente, além da Vigilância Sanitária.

A administração municipal tem autorização judicial para entrar nos locais, mesmo sendo privados.

Uma das primeiras ações foi feita ontem, onde ficava o antigo Clube Samambaia, na Avenida dos Cafezais, Jardim Los Angeles.

A área dos fundos do local estava coberta de lixo e entulhos, além de piteiras usadas por dependentes químicos. Vários recipientes que poderiam abrigar focos de dengue foram recolhidos.

O último Levantamento Rápido do Índice de Infestação do Aedes aegypti (LIRAa) de Campo Grande indicou 1,9% de infestação na área do bairro, que está acima do preconizado pelo Ministério da Saúde, que é de apenas 1%.
 

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.