Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Agentes penitenciários pedem apoio na Assembléia Legislativa

11 SET 2008Por 13h:42
      

Em greve desdo o dia 5, os agentes penitenciários federais foram hoje à Assembléia Legislativa pedir apoio aos deputados. Eles são contra a Medida Provisória (MP) 441, de 29 de agosto, que institui o Plano de Cargos e Carreiras para a categoria, que ampliou de 40 para 44 horas semanais a jornada de trabalho e inclui a escolta de presos nas funções dos agentes, que já estiveram na Câmara Municipal de Campo Grande e na seccional da Ordem dos Advogados do Brasil (0AB-MS) em busca de apoio. Segundo Ivanildo Marques da Mota, vice-presidente do Sindicato da categoria, essa alteração veio sem compensação financeira e o salário base do agente continua em R$ 4,5 mil por mês. Ele diz que o aumento na jornada prejudica e coloca em risco a qualidade do serviço prestado.

 

 


        


        


        

Leia Também