Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

DIÁRIO OFICIAL

Agentes de Saúde começam a ser convocados por comissões

13 JAN 2011Por VIVIANNE NUNES09h:55

A prefeitura de Campo Grande, por meio dos presidentes de comissões compostas para apurar as possíveis infrações discliplinares praticadas por parte dos agentes de saúde e de controle de epidemiologia em greve na Capital, notificiou e intimou nesta quinta-feira (13) 355 servidores entre os que estão em estágio probatório e os considerados estáveis.

O Edital de Convocação, publicado no Diário Oficial do Município (Diogrande) de hoje e assinado pelo pelo presidente Edgimar Cançanção convova os servidores em estágio probatório e ausentes em dias de paralisação a comparecerem no Centro de Controle de Zoonozes (CCZ) nas datas e horários estabelecidos para prestarem esclarecimentos e “se for o caso” apresentarem documentos que justifiquem a paralisação de suas atividades desde o dia 4 de janeiro.

Já os servidores considerados estáveis foram convocados pelo presidente de uma das comissões, Joel Barros Rodrigues, a compareceram a sede da Secretaria Municipal de Saúde Pública também para prestarem esclarecimentos.

Mesmo sob multa diária de R$ 25 mil arbitrada pela Justiça para os dias sem trabalho e com os salários cortados pelo prefeito Nelson Trad Filho, os agentes de saúde da Capital insistem na greve em Campo Grande. Eles pedem melhores condições de trabalho e salários, mas segundo afirma o prefeito, a categoria estava em negociação com a prefeitura e a greve é considerada irresponsável já que a cidade enfrenta o momento mais crítico para a proliferação do mosquito trasmissor da dengue que matou 22 pessoas somente no ano passado na Capital.

 

Leia Também