Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

METROLOGIA

Agência encontra irregularidades em pescados

Agência encontra irregularidades em pescados
05/04/2011 11:30 - DA REDAÇÃO


Segundo análise da Agência Estadual de Metrologia (AEM/MS), órgão delegado do Inmetro e vinculado à Seprotur, dos pescados congelados coletados por técnicos em alguns estabelecimentos comerciais de Campo Grande, 54% apresentaram irregularidades. Após exames realizados no Laboratório de Pré-Medidos, a Agência reprovou 13 dos 24 produtos coletados.

“Diante deste elevado índice de reprovação, vamos realizar mais vezes esse tipo de operação especial, em defesa do consumidor. Antecipamos a fiscalização dos pescados congelados devido ao alto consumo durante o período da quaresma”, diz a diretora Técnica da Agência, Luciana BoniCogo.

A atividade faz parte da “Operação Páscoa” e objetiva analisar quantitativamente os produtos, ou seja, verificar se a quantidade e o peso correspondem ao que está indicado na embalagem. Além do pescado, os tradicionais ovos de chocolates também serão analisados.

A AEM/MS alega que convoca os representantes das marcas que são analisadas no Laboratório para o acompanhamento. Quando acontece a irregularidade, a empresa é notificada e pode apresentar justificativa em dez dias.

No ano passado as verificações comprovaram que de 21 produtos de 14 marcas distintas, 13 foram reprovados e oito aprovados.

 

Serviço

Se o consumidor suspeitar de qualquer problema no que diz respeito aos pescados congelados, pode ligar para a Ouvidora da AEM/MS: 0800 67 52 20.

Felpuda


As definições no que se relaciona aos nomes para a disputa eleitoral vêm ocorrendo aqui e acolá. Pré-candidato que sonha comandar cidade o interior poderá deixar de ver o seu sonho realizado. É que o dito-cujo terá de enfrentar as lembranças de rumoroso caso que se tornou escândalo depois da denúncia de uma servidora. Há quem garanta que é só a campanha começar para a história ser contada capítulo por capítulo. Afe!