Sexta, 19 de Janeiro de 2018

África do Sul tem caso suspeito de gripe suína

30 ABR 2009Por 13h:37
     

        

 

A ministra da Saúde da África do Sul, Barbara Hogan, disse na manhã desta quinta-feira (30) que todas as autoridades estão empenhadas em conter a gripe suína na região. ?A África Austral tem uma forte medicina anti-viral?, disse Hogan relembrando a epidemia de cólera que atingiu o vizinho Zimbábue no fim do ano passado. ?Felizmente ou infelizmente temos experiência em tratar essas epidemias?, completou a ministra.

 

Barbara informou que o país tem dois suspeitos em observação, mas ratificou que nenhum caso foi confirmado na África do Sul. Mais cedo, uma mulher de Gauten (província ao Norte do país, onde fica Johanesburgo) suspeita de ter contraído a doença durante uma recente viagem ao México, foi liberada. O outro caso suspeito e ainda sem resultado é de outra mulher de Western Cape (província ao Sul onde fica a Cidade do Cabo). Ela também estava no México e continua em observação.

 

Mesmo com suspeita, a ministra disse que a população deveria ficar tranqüila. ?Não há motivo para pânico, mas que se alguém estiver preocupado vá a um posto médico. Os sul-africanos que estiverem em solo estrangeiro que perceberem os sintomas devem procurar o mais rápido possível as autoridades de Saúde do país?, orientou Hogan destacando que assim que a OMS (Organização Mundial de Saúde) elevou o grau da pandemia para o número 5, todos na África do Sul estão seguindo as coordenadas da organização.

 

Com informações do G1

Leia Também