Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

África do Sul empata com Japão na reestreia de Parreira

14 NOV 2009Por 21h:15
     

        Da redação

        Não foi bem o resultado que o técnico Carlos Alberto Parreira queria, em sua reestreia no comando da seleção da África do Sul, país-sede da Copa do Mundo de 2010. Com o treinador brasileiro também voltou ao time o atacante Benny McCarthy, mas a seleção sul-africana ficou no 0 a 0 com o Japão, em amistoso realizado neste sábado no Estádio Nelson Mandela, em Port Elizabeth.
        Apesar da expectativa criada em torno de McCarthy, ausente da seleção havia dez meses e que é o maior artilheiro da seleção, o ataque sul-africano quase nada criou. McCarthy acabou sendo substituído no segundo tempo e as melhores chances de gol foram do time visitante, que apresentou melhor entrosamento e toque de bola que o rival. O destaque da África do Sul acabou sendo o goleiro Josephs, que fez duas grandes defesas e salvou seu time.
        "Foi uma partida difícil, mas é só o começo do trabalho", disse Parreira. "O time foi bem, mas não foi o suficiente. Só teria sido bom o desempenho se tivéssemos vencido." A África do Sul só conseguiu uma vitória nos últimos dez jogos, legado de outro treinador brasileiro, Joel Santana, que deixou o cargo e foi substituído pelo técnico campeão do mundo com o Brasil em 1994.
        Já no Estádio Vicente Calderón, em Madri, diante de um público de 54 mil pagantes, a

        Derrota argentina

        Espanha venceu a Argentina por 2 a 1. O destaque do jogo foi o meia Xabi Alonso, autor dos dois gols espanhóis, um de pênalti. O gol argentino foi marcado por Messi, também de pênalti.
        Outro destaque da partida foi o espanhol Casillas, que disputou sua centésima partida com a camisa da Fúria. A Espanha dominou a maior do jogo, impôs seu ritmo, e o time dirigido por Diego Maradona mais uma vez se mostrou confuso taticamente e na dependência de jogadas individuais.
        Itália x Holanda

        No outro grande amistoso de destaque deste sábado, Itália e Holanda, já classificadas para a Copa de 2010, empataram por 0 a 0 na cidade italiana de Pescara num jogo sem grandes chances de gol.
        A melhor chance aconteceu já aos 37 minutos do segundo tempo, quando o atacante Pazzini fez o gol para a seleção italiana, mas o árbitro anulou o lance porque o jogador ocou a bola com a mão
        O amistoso deste sábado também foi especial para o goleiro Buffon, que atingiu a marca de 100 jogos pela seleção italiana, ficando atrás apenas de Cannavaro (133), Maldini (126) e Dino Zoff (112).
        Em outros amistosos disputados neste sábado, Dinamarca e Coreia do Sul também ficaram no 0 a 0, enquanto a Bélgica recebeu a Hungria e ganhou por 3 a 0 - gols de Fellaini, Vermaelen e Mirallas. (informações do Estadão)
        
        

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também