Domingo, 25 de Fevereiro de 2018

Polícia Militar

Afonso Pena vira praça de guerra

15 NOV 2010Por anahi zurutuza03h:52

A Polícia Militar (PM) atendeu, na madrugada de ontem, duas ocorrências de violência entre jovens na Avenida Afonso Pena, em Campo Grande. O primeiro caso foi registrado à 1h29min de ontem. Pablo Vieira Rubini, 18 anos, estava com mais dois amigos nas proximidades da Praça do Rádio Clube, quando foram abordados por um grupo de nove rapazes, que agrediram ele e os colegas com socos e pontapés. Poucas horas depois, às 5h30min, a PM foi chamada para impedir o espancamento de um rapaz de 25 anos, na Afonso Pena, próximo à Praça Ary Coelho.

A primeira ocorrência foi registrada pela Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) como roubo qualificado pelo concurso de pessoas. Segundo relatos da vítima, o grupo formado aparentemente por menores de idade o cercou e aos seus amigos para iniciar a agressão. Na ocasião, Pablo teve a câmera digital subtraída e os agressores fugiram em um ônibus da linha Santa Emília.

No segundo caso, a PM foi chamada por populares que denunciavam o espancamento de um jovem e, ao chegar ao local, policias depararam-se com a vítima, Rafael Rodolfo Rosa, 25 anos, ferido. O rapaz contou que parou no cruzamento da Afonso Pena com a Rua 13 de Maio para lanchar e que, sem nenhum motivo, três pessoas começaram a agredi-lo, depois fugiram em um carro, placas HSC-5511. Rafael teve ferimentos nos ombros esquerdo e direito, na face e nos lábios. O fato também foi registrado pela Depac, mas como lesão corporal dolosa (quando há intenção). (AZ)

Leia Também