Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Aeronáutica investiga luzes da pista onde caiu avião na Bahia

23 MAI 2009Por 19h:00
     

        Da redação

        A Aeronáutica informou na tarde deste sábado que o Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa II) investiga se a iluminação da pista do aeroporto do Terravista Condomínio, Resort e Golf, na região de Porto Seguro (BA), pode ter sido uma das causas da queda do avião King Air B350, ocorrida na noite de sexta-feira. Nesta tarde, os seis técnicos do órgão enviados para o local encontraram a caixa preta do bimotor. Segundo a Aeronáutica, 14 pessoas morreram no acidente - 10 adultos e quatro crianças.

        A queda do avião ocorreu às 21h13 desta sexta-feira, na praia de Trancoso, distrito de Porto Seguro. O avião, de prefixo PR-MOZ, decolou às 18h30 da cidade de São Paulo. O acidente teria ocorrido próximo à cabeceira da pista do condomínio de luxo. Chovia forte no momento do pouso.

        De acordo com a Aeronáutica, um avião cedido pela Força Aérea Brasileira (FAB) sobrevoará a pista para avaliar a iluminação do local. Como durante uma análise prévia os técnicos apontaram que a área é escura, através dos vôos noturnos, o órgão pretende descobrir se a falta de luzes pode ter contribuído para o acidente.

        Caixa preta é encontrada
        Na tarde deste sábado, a equipe do Seripa II encontrou a caixa preta da aeronave. De acordo com a Aeronáutica, ainda não há definição sobre como será realizada a análise do material, que pode ajudar os técnicos a descobrir as causas da queda do bimotor.

        Empresário dono do avião estava a bordo
        Proprietário e um dos passageiros do avião bimotor King Air B350, que caiu na pista de pouso do TerraVista Condomínio, Resort e Golf, na praia de Trancoso, região de Porto Seguro (BA), o empresário Roger Ian Wright era sócio-diretor da Arsenal Investimentos, com sede em São Paulo, e ex-diretor do Banco Garantia. Segundo as informações preliminares, ele tinha uma casa no condomínio e estava com a sua mulher, Lucila Lins, e os dois filhos. O empresário era considerado um dos empreendedores mais talentosos dos País. Além de ter sido uma das peças centrais no desenvolvimento do banco Garantia, ele foi membro do Conselho de Administração do Credit Suisse First Boston Garantia. Em 2003, foi citado em uma lista de 10 empresários com oportunidades para brilhar naquele ano pela reportagem "Mentes Brilhantes", da revista Istoé Dinheiro. Naquela época, a publicação descreveu a criatividade do empresário para a construção de complexas engenharias financeiras como "espantosa". De acordo com a revista, a especialidade de Wright era investir em empresas com dificuldades. "Seu foco é oferecer sempre soluções de mercado, sem dinheiro público", afirmava a reportagem.

        Piloto fez contato com aeroporto
        Em nota divulgada na madrugada deste sábado, a administração do Terravista Condomínio, Resort e Golf informou que o avião fez contato com a rádio do aeroporto, informando que estava em condições de pouso. De acordo com o resort, antes do pouso, a tripulação da aeronave teria falado com o Controle de Porto Seguro e com a Rádio do Aeródromo Terravista e informado que estava em condições visuais para pousar na pista particular. Depois disso, nenhum outro contato foi feito pela tripulação. (informações do Terra)

Leia Também