Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

NOVIDADE

Aérea lança aplicativo para 'mapear' o céu do país com fotos

Aérea lança aplicativo para 'mapear' o céu do país com fotos
03/02/2014 00:00 - Folhapress


A companhia aérea Azul lançou nesta semana aplicativo para mapear o céu do país. O "mapeamento" ocorre através de fotos tiradas pelos usuários que baixarem a ferramenta.

O #AzuldoBrasil foi desenvolvido pela agência de publicidade DPZ e vai mostrar, com exatidão, a localização de cada foto, com a latitude e longitude do ponto do céu capturado.

O aplicativo, que é gratuito e está disponível a usuários de Android e IOS, funciona como um mapa colaborativo.

Quando o usuário aponta o smartphone para fotografar o céu, o visor mostra um grid com vários quadrantes. Ele consegue, dessa forma, selecionar um dos quadrantes e fotografá-lo.

Assim que a foto é tirada, ela entra no sistema do aplicativo, que a "instala" no pedaço de céu capturado pelo usuário. Graças aos grids e à geolocalização, o mapa mostra as fotos que já existem em cada quadrante. 

Quando um quadrante for capturado pela primeira vez, a imagem do usuário passa a ser a "oficial" daquela área do céu, a foto "Esse Céu é Meu". No entanto, cada quadrante pode ser fotografado inúmeras vezes.

É possível conectar o aplicativo com o Facebook e compartilhar as fotos com os amigos.

A ação, além de promover a companhia aérea, quer provar "que o céu do Brasil é o mais bonito do mundo". "A Azul é um companhia jovem, com uma história paralela ao desenvolvimento das redes sociais no Brasil", diz Rafael Urenha, diretor de nacional criação da DPZ. "O aplicativo tem interface simples e é fácil de usar. É uma forma de o usuário ter sua própria versão do céu", afirma. 

O projeto é que, futuramente, os usuários que tiverem as fotos mais curtidas ganham prêmios a princípio, seriam passagens aéreas.

Felpuda


Espalhar notícias ruins tornou-se muito mais rápido com o uso da tecnologia, e, além disso, não se trata mais de ações dos adversários. Isso é o que pôde ser visto ultimamente, quando a tchurminha do “aliado” tratou de deixar muita gente informada sobre o que a chamada "grande imprensa” tinha publicado, enviando notícias pelo WhatsApp e postando nas mídias sociais. E assim caminha a humanidade...