Quarta, 20 de Junho de 2018

Advogado que matou jovem em Brasilândia se apresenta à polícia

2 ABR 2008Por 18h:15
     

 

O advogado Eraldo Ferreira Viana, de 61 anos, se apresentou nesta quarta-feira no 2º. Distrito Policial de Três Lagoas, e entregou a arma, um revolver Taurus, calibre 38, que usou para matar a jovem Juliana dos Santos, de 19 anos, no último final de semana. Juliana recebeu três tiros quando, ao tentar defender a mãe, entrou na frente dela e foi alvejada.

 

Após ser ouvido, Eraldo Viana foi liberado, já que não havia pedido de prisão preventiva e ele não foi pego em flagrante delito. O crime aconteceu no domingo, quando em Brasilândia, há 70 km de Três Lagoas. quando Juliana dos Santos, foi assassinada por Eraldo Ferreira Viana, de 61 anos, namorado de sua mãe, depois de uma discussão do casal na Pousada Piarapa. Segundo boletim de ocorrência Juliana levou tiros no tórax e no braço e morreu ao dar entrada no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, em Três Lagoas.

Leia Também