Sexta, 22 de Junho de 2018

Advogado é preso em Salvador acusado de pedofilia

8 JAN 2010Por 18h:00
     

        O advogado Carlos Eduardo Villares Barral, dono de um escritório em Salvador e coordenador do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Salvador (Steps), foi preso, na manhã desta sexta-feira, 8, em sua casa, na capital baiana, suspeito de pedofilia.  Investigado pela Polícia Civil baiana durante a Operação Expresso - que analisa um suposto esquema de favorecimento de concessão de linhas rodoviárias a empresas, por meio de pagamentos ilícitos -, Barral teve seu computador apreendido por agentes e chegou a ser detido no fim de novembro, depois que policiais encontraram uma arma sem registro em seu escritório. Na análise do computador, peritos encontraram fotos de crianças e adolescentes nus, em poses sensuais.

        Com informações do Estadão

Leia Também