Quarta, 20 de Junho de 2018

Advogado de MS é o 1º da lista sêxtupla para vaga de ministro do TST

17 AGO 2010Por 10h:00
     

O advogado de Mato Grosso do Sul, André de Carvalho Pagnoncelli, é o mais votado da lista sêxtupla constitucional para preencher vaga de ministro do Tribunal Superior do Trabalho (TST), destinada à advocacia. Ele foi um dos escolhidos pelo Conselheiro Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, durante sessão extraordinária realizada ontem (15), em Brasília, com 27 votos, dos 32 possíveis.

Foram escolhidos pelos conselheiros federais da OAB e membros honorários vitalícios os seguintes advogados: André de Carvalho Pagnoncelli (Mato Grosso do Sul); Othoniel Furtado Gueiros Neto (Pernambuco); Luís Carlos Moro (São Paulo); Adriano Costa Avelino (Alagoas); Luiz Gomes (Rio Grande do Norte); e Delaíde Alves Miranda Arantes (Goiás).

A lista sêxtupla votada na sessão de domingo (15) e que designará um ministro para preencher a vaga aberta com a aposentadoria do ministro José Simpliciano Fontes de Faria Fernandes, será, agora, enviada pela OAB Nacional ao TST. A Corte reduzirá a lista sêxtupla a uma lista tríplice e enviará a sua relação ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que é quem escolherá o candidato final à vaga. Após esse trâmite, o candidato será sabatinado pelo Senado Federal e, se aprovado, nomeado ministro do TST.

Leia Também