quinta, 19 de julho de 2018

TELES PIRES

Advocacia Geral da União derruba liminar que impedia leilão de hidrelétrica

17 DEZ 2010Por AGÊNCIA BRASIL00h:00

A Advocacia-Geral da União (AGU) derrubou ontem (16) a liminar que suspendia o licenciamento da Usina Hidrelétrica (UHE) Teles Pires, na divisa do Pará com Mato Grosso, e impedia o projeto de ir à leilão amanhã (17). De acordo com a AGU, a liminar, concedida pela Justiça Federal no Pará a pedido do Ministério Público Federal (MPF), foi suspensa pelo Tribunal Regional Federal da 1° Região (TRF-1).

O MPF questiona o licenciamento ambiental isolado da usina, que fará parte de um complexo de seis hidrelétricas que serão construídas no Rio Teles Pires.

Com 1.820 megawatts (MW) de potência instalada, a UHE Teles Pires é a maior do pacote de hidrelétricas que irão a leilão esta semana. A licença prévia para o projeto foi emitida na última segunda-feira (13) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Além de Teles Pires, o governo pretende leiloar amanhã as usinas de Cachoeira e Estreito, no Rio Parnaíba, no Piauí, Santo Antônio do Jari, entre o Pará e o Amapá, e a ampliação de Jirau, em Rondônia.

Leia Também