Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Flamengo

Adriano precisa perder dez quilos

23 AGO 12 - 08h:09G1

A balança será uma inimiga de Adriano no processo de recuperação para voltar a jogar em alto nível no Flamengo. Apresentado nesta quarta-feira (22), o atacante voltou ao Ninho do Urubu visivelmente acima do peso. Há pouco mais de um mês, ele decidiu interromper as atividades no clube para treinar por conta própria.

Segundo o o site GLOBOESPORTE.COM apurou, o camisa 10 precisa perder cerca de dez quilos que ganhou no pós-operatório. Antes de passar pela segunda cirurgia no tendão de Aquiles do pé esquerdo, em 13 de abril, um mês depois de deixar o Corithians, o Imperador foi examinado pelos médicos rubro-negros e se apresentou com 95 quilos. As medidas ainda eram consideradas próximas das ideais para o jogador estar em campo: entre 93 e 95 quilos.

Em entrevista concedida ao Fantástico dias depois da operação, Adriano falou sobre os problemas com a balança e não soube dizer quanto pesava. Garantiu que foi campeão brasileiro pelo Flamengo em 2009 pesando 107 quilos. Na época, porém, o Imperador bateu no peito para dizer que estava abaixo dos 100.

Adriano pretende estrear dentro de um mês, mas o clube prefere aguardar a evolução dos treinos para determinar uma data. A programação elaborada pelo Rubro-Negro prevê atividades em dois períodos, mas não diariamente. Nesta quarta-feira, ele treinou pela manhã e à tarde no Ninho do Urubu. Nesta quinta, vai ter de se apresentar com os demais companheiros pela manhã.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MINISTRO DA EDUCAÇÃO

Weintraub responde a pedidos de correção de notas e solicita nova análise

EM VIAGEM À ÍNDIA

Bolsonaro vê dificuldades na aprovação de reforma tributária no Brasil

STF deu aval a pensões de ‘solteiras’ em 265 decisões
QUATRO ANOS

STF deu aval a pensões de ‘solteiras’ em 265 decisões

EMERGÊNCIA

Sobe para 37 o número de mortos pelas chuvas e deslizamentos em Minas

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião