Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Adriano: 'Pedi desculpas ao grupo e peço desculpas aos torcedores'

4 SET 12 - 18h:20globoesporte.com

Um dia após faltar ao treinamento no Ninho do Urubu por ter passado o dia na Vila Cruzeiro, comunidade na qual foi criado, Adriano fez um pronunciamento nesta terça-feira. Ao lado do diretor de futebol Zinho, o atacante se desculpou com colegas de trabalho e torcedores do Flamengo e admitiu que, se faltar mais uma vez, terá seu contrato rescindido.

- Estou aqui todos sabem o motivo. Desta vez não fiz como das outras vezes, que não falei com a imprensa. Estou aqui para falar sobre a minha ausência de ontem. Não participei do treino e vou ser punido por estar em vigor o meu contrato. Conversei com o Zinho e pedi desculpas ao grupo, ao Zinho, e peço descupas aos torcedores. Não faço mal para ninguém, só para mim mesmo. Vou ser multado pelo que fiz e vou fazer de tudo para não agir desta forma. Falei que só tinha uma chance quando cheguei. Se faltar de novo, meu contrato vai ser rompido. Falei isso quando cheguei na apresentação. Falaram até que matei uma pessoa na Via Cruzeiro, e isso é mentira. Fico chateado, isso me entristece. Espero que vocês (jornalistas) possam apurar o caso, para que eu não fique mal - disse Adriano.

Apesar de o atacante ter dito que foi multado, Zinho revelou que não houve punição financeira neste momento. Entretanto, deixou claro que ele pode ter o vínculo rescindido em caso de nova falta. Zinho desmentiu ainda a assessoria do jogador, que emitiu comunicado dizendo que ele estava de folga. Sobre o acidente, o diretor contou que o atacante alegou que apenas esbarrou com sua BMW em uma moto que estava parada. Adriano, por sinal, foi para o Ninho de Urubu de carona num Voyage nesta terça.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

ARTIGO

Beto Pereira: "Parceria público-privada: segurança jurídica e qualidade de serviços"

Advogado
OPINIÃO

Luiz Fernando Mirault Pinto: "

Físico e Administrador

Felpuda

AGRICULTURA E JUSTIÇA

Ministérios assinam acordo para combater abusos no crédito agrícola

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião