Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Adolescente morreu por esganadura, confirma laudo

3 FEV 2009Por 21h:00
     

        A adolescente Léia Cristina da Quinta Schenkel, de 16 anos, encontrada morta em 25 de janeiro em seu apartamento em São Vicente, na Baixada Santista, morreu em consequência de esganadura, de acordo com o laudo emitido pelo Instituto Médico-Legal de Santos, também na Baixada. O documento foi encaminhado no final da tarde desta segunda-feira (2) ao delegado Jorge Álvaro Cruz, do 2º Distrito Policial do município. O laudo também revelou que o corpo não apresentava sinais de violência sexual. A jovem tinha manchas no pescoço e sinais de esganadura, agora confirmados. A hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte) foi descartada nas primeiras investigações, já que nada foi levado da residência e não foram encontrados sinais de arrombamento do imóvel.

        Com informações do site G1

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também