Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

POLÍTICA

Adiada a mostra do Projeto Arte Cores

Adiada a mostra do Projeto Arte Cores
17/03/2010 00:30 -


Com abertura programada para o início do mês de março, a mostra “Tantas cores para tantas tribos” da artista plástica Lúcia Martins Coelho Barbosa foi transferida para o mês de abril, com início previsto para o dia 5. A exposição abre a temporada de 2010 do Projeto Artes e Cores no Paço. Seis obras ficarão expostas durante todo o mês de abril no Gabinete do Executivo Municipal, na Avenida Afonso Pena. O objetivo do projeto é expor obras de artistas da Capital aos visitantes da Prefeitura Municipal de Campo Grande. Segundo Lúcia, a exposição teve de ser adiada em virtude dos transtornos causados pela chuva em Campo Grande. “O prefeito Nelsinho Trad pediu que a data fosse alterada, pois nesse momento ele está focado nos problemas que as chuvas vêm provocando”, explica a artista plástica. Ela afirma que o adiamento da abertura não causou nenhum transtorno. As obras que serão expostas representam a identidade sul-mato-grossense. “As “tribos” sobre as quais quero falar, na verdade, são todos os tipos de aglomeração de pessoas”, detalha Lúcia. Iniciado na Itália, o trabalho vem sendo produzido desde 2002, com a artista terminando-o em 2009, já na Capital. Apesar de muitas obras terem sido finalizadas na Itália, a artista realizou inúmeras interferências, com o objetivo de “transformar as cores da Itália em cores do nosso Estado”.

Felpuda


Político experiente tem repetido que não é o momento de falar em eleições. O momento é de tensão, de incertezas políticas e econômicas – como se o País fosse uma ilha de preocupações cercada pelo coronavírus por todos os lados. Em Mato Grosso do Sul, onde já se registrou morte pela doença e o número de casos só tende a subir, não poderia ser diferente. “É suicídio político para quem ousar falar em eleição neste momento”, conclui. Só!