Segunda, 18 de Junho de 2018

ADI contra os professores deve ser julgada no STF na quarta-feira

14 DEZ 2008Por 08h:11
     

Da Redação

 

O STF (Supremo Tribunal Federal) deve decidir na próxima quarta-feira se suspende a lei nacional que institui o piso nacional dos professores de R$ 950,00 e que aumenta o tempo de planejamento das aulas. Amanhã começa a última semana de julgamentos no STF.

 

A ADI é movida pelos governadores André Puccinelli, Ieda Crusius (RS), Roberto Requião (PR), Cid Gomes (CE) e Luiz Henrique (SC).

 

O governador de Mato Grosso do Sul não questiona o valor do piso salarial, mesmo porque já se antecipou em um ano à obrigatoriedade de elevar o piso salarial do magistério. Os professores terão aumento de 13,45% em janeiro de 2009, um ano antes do que determina a lei nacional.

 

Mas Puccinelli é contra o aumento da jornada de trabalho dos professores.

 

Com informações do STF

Leia Também