Sábado, 20 de Janeiro de 2018

Acusados divergem sobre autoria do assassinato de garota de programa

10 JUN 2009Por 14h:30
     

                Os três universitários presos acusados de assassinar a garota de programa Claudinéia Rodrigues Mendes, de 25 anos, em 8 de maio, apresentaram versões diferentes sobre o crime, durante reconstituição ocorrida nesta quarta-feira. De acordo com a polícia,  Leonardo Leite Cardoso, de 27 anos, e Fernando Pereira Verone, de 19 anos, só concordaram em um ponto: que Hugo Pereira da Silva, de 19 anos, não agrediu a garota e que foi embora após o pneu do veículo em que estavam ter furado. Claudinéia foi espancada e morta a pedradas, numa rua deserta na divisa dos bairros Nova Campo Grande e Santa Emília.

                 

                 

Leia Também