Acusados de planejar morte de Joss Stone têm julgamento adiado

Acusados de planejar morte de Joss Stone têm julgamento adiado
06/08/2012 15:28 - terra


Junior Bradshaw e Kevin Liverpool, os dois homens acusados de planejar o roubo e assassinato da cantora Joss Stone, 25 anos, tiveram seu julgamento - que aconteceria nesta segunda-feira (6) - adiado para março de 2013, segundo informações do site NME.

Ambos foram presos em junho deste ano, quando a polícia os flagrou tentando invadir a casa da artista com uma corda, facas e um saco próprio para embalar cadáveres. O julgamento foi adiado para que a defesa possa estudar mais as condições mentais dos acusados.

"Eles estão presos em celas e sendo interrogados sobre a tentativa de causar graves danos à Joss Stone. A polícia quer saber o que há por trás disso, se a conspiração é por dinheiro ou uma espécie de ressentimento pelo sucesso dela. Essa dupla tinha um plano de A a Z e parece que causariam muito sofrimento se não conseguissem o que queriam", declarou uma fonte ao mesmo site, na época das prisões.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".