Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

Acusados de chacina são condenados a 486 e 455 anos de prisão

7 MAI 2010Por 07h:19
     

        Os dois acusados da chacina que, em 2002, deixou 27 presos mortos no presídio Urso Branco, em Rondônia, foram condenados a 486 e a 445 anos de prisão pelo Tribunal do Júri de Porto Velho no início da madrugada desta quinta-feira (7).

        Com informações da Folha Online

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também