Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

Acusados da morte do diretor de Bangu 3 presos na Capital podem voltar para o Rio

31 JUL 2009Por 16h:12
     

Acusados pelo assassinato do ex-diretor do Presídio Bangu 3 (RJ), José Roberto Lourenço, os detentos do Presídio Federal de Campo Grande, Aldair da Mangueira e Ronaldo Pinta Lima da Silva, o Ronaldinho Tabajara, serão transferidos para uma cadeia do Rio de Janeiro. A transferência foi assassinada pelo juiz d 5ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande, Dalton Igor Kita Conrado. A Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro já foi comunicada sobre o assunto, mas não concorda com a decisão judicial. Os dois estão no Presídio Federal de Campo Grande, desde outubro de 2008 quando José Roberto Lourenço foi assassinado com 60 tiros, na Avenida Brasil.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também