Domingo, 24 de Junho de 2018

Acusados da morte do diretor de Bangu 3 presos na Capital podem voltar para o Rio

31 JUL 2009Por 16h:12
     

Acusados pelo assassinato do ex-diretor do Presídio Bangu 3 (RJ), José Roberto Lourenço, os detentos do Presídio Federal de Campo Grande, Aldair da Mangueira e Ronaldo Pinta Lima da Silva, o Ronaldinho Tabajara, serão transferidos para uma cadeia do Rio de Janeiro. A transferência foi assassinada pelo juiz d 5ª Vara da Justiça Federal de Campo Grande, Dalton Igor Kita Conrado. A Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro já foi comunicada sobre o assunto, mas não concorda com a decisão judicial. Os dois estão no Presídio Federal de Campo Grande, desde outubro de 2008 quando José Roberto Lourenço foi assassinado com 60 tiros, na Avenida Brasil.

Leia Também