Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

Acusados da morte de cinegrafista têm liberdade negada

Acusados da morte de cinegrafista têm liberdade negada
25/02/2014 18:34 - G1


A Justiça do Rio negou nesta terça-feira (25) o habeas corpus para Caio Silva de Souza e Fábio Raposo – acusados da morte do cinegrafista da TV Bandeirantes Santiago Andrade. A informação foi divulgada pelo Tribunal de Justiça e a decisão foi do desembargador Marcos Quaresma.

O pedido havia sido feito pelo advogado Jonas Tadeu na segunda (24).
“Indefiro a liminar, por não vislumbrar de plano qualquer ilegalidade no decreto prisional ora impugnado, tratando-se de prisão devidamente regular”, decidiu o desembargador.
Os dois são acusados pelo Ministério Público de homicídio doloso triplamente qualificado – por motivo torpe, sem dar chance de defesa à vítima e com emprego de explosivo –, além do crime de explosão.

O cinegrafista Santiago Andrade foi atingido na cabeça por um rojão quando registrava um protesto contra o aumento da passagem de ônibus no dia 6 de fevereiro. Ambos estão presos preventivamente no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio. 

Felpuda


Ao que tudo indica, partido teria criado “racha” apenas visando jogar para a plateia, e, assim, quem estava com a corda toda anunciou que se prepara para o desembarque. Nos bastidores o que se ouve é que o tal fundo partidário seria o motivo da desavença e que quem nunca comeu mel quando come se lambuza. Só que não. A estratégia é continuar “dono” da atual legenda e “tomar a frente” de partido que está em fase embrionária. Tudo inspirado na “velha política”.