Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PREVENTIVA

Acusado por morte de jovem durante racha tem prisão decretada

2 MAR 11 - 16h:01vivianne nunes

O juiz Aluízo Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, pediu a prisão preventiva do jovem Anderson de Souza Moreno. Ele é um dos acusados de participar de um racha ocorrido em julho do ano passado e que vitimou a garota Mayana Almeida Duarte, 23 anos em acidente na Avenida Afoonso Pena. Segundo o magistrado, o processo possui provas e o réu confessou ter aprendido a dirigir com aos 14 anos. A ficha de Anderson possui várias ocorrências de infração de trânsito incluindo outro acidente além do que tirou a vida da jovem.
O juiz afirma que o mandato de prisão preventiva do acuado foi expedido para resguardar a ordem pública e garantir a aplicação das leis.

Anderson estava na companhia do amigo Willian Jhonny Ferreira na ocasião do pega. Eles disputavam corrida em meio a região central da cidade quando atingiram o carro em que estava Mayana. Willian também deve responder pela morte da jovem. Eles serão levados à júri popular no próximo dia 30 de março.

Oficialmente, o jovem Anderson será informado sobre a definição da Justiça em publicação no  Diário Oficial do Estado de amanhã. Nesta tarde de quarta-feira a família ainda não tinha uma posição sobre a decisão de apresentar o garoto hoje ou não.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Agressores de mulheres não poderão tirar carteira de advogado, diz OAB

STJ mantém efeitos de liminar que revogou prisão de Puccinelli
MÉRITO

STJ mantém efeitos de liminar que revogou prisão de André

BRASIL

Oposição fecha questão contra Previdência e quer atrasar análise na CCJ

BRASIL

Abertura comercial do país deve ser lenta, gradual e segura, diz Mourão

Mais Lidas