Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

AMAMBAI

Acusado de tráfico diz que usou tranquilizante para não ficar 'nervoso'

15 JUL 2012Por GAZETA NEWS14h:30

Preso na manhã desse domingo (15) pela Polícia Militar Rodoviária Estadual (PRE) em Amambai com 32 quilos de maconha na bagagem, acusado de tráfico disse ter usado calmante para evitar o “nervosismo” na hora da abordagem policial.

K.M.S, de 20 anos, morador em Cuiabá, Capital do Mato Grosso, foi preso durante uma barreira policial montada na Rodovia MS-156, trecho que liga Amambai a Caarapó.

Na bagagem do acusado, que viajava em um ônibus, os policiais encontraram 32 quilos de maconha divididos em tabletes e em revista pessoal no rapaz foi encontrada mais certa quantia do entorpecente escondida em suas partes íntimas.

Ao receber voz de prisão,  ele teria relatado aos policiais que pegou a bagagem com o entorpecente nas proximidades do local de embarque no ônibus, em Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai e receberia R$ 2 mil reais para levar a maconha até a cidade de Cuiabá.

Segundo teria relatado o acusado aos policiais, os calmantes, duas espécies de comprimidos, teriam sido repassado a ele pelo próprio traficante na hora na entrega com a droga na cidade da fronteira.

A instrução era, segundo relatou o acusado aos policiais, para que ele tomasse os medicamentos a fim de dormir ou permanecer calmo durante uma possível abordagem policial durante a viagem.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também