Segunda, 22 de Janeiro de 2018

Acusado de tráfico apela para Estatuto do Idoso

22 JUN 2010Por 16h:55
     

        Da Redação

         

 A defesa do libanês naturalizado brasileiro Mohamad Ahmad Ayoub, condenado a 29 anos e quatro meses de reclusão por associação para o tráfico e tráfico internacional de drogas, impetrou Habeas Corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) no qual invoca os benefícios do Estatuto do Idoso para cumprir prisão domiciliar. O traficante, mais conhecido como Zacarias, completará 72 anos em agosto e alega que não há no Brasil penitenciárias próprias e adequadas aos idosos. O relator do HC é o ministro Ricardo Lewandowski.

         O advogados de defesa argumentam que a condenação do ancião equivale à prisão perpétua ou à pena de morte. HC semelhante foi impetrado no STJ e estaria concluso ao relator há dois anos, sem que tenha sido julgado. O HC informa que Mohamad Ayoub está preso desde 21 de março de 2006 e com a saúde debilitada.

Leia Também