Campo Grande - MS, sexta, 17 de agosto de 2018

CAMPO GRANDE

Acusado de tentar matar senador paraguaio deve ir para a Máxima

4 JUN 2011Por DA REDAÇÃO13h:50

O brasileiro Eduardo Romano Costa, acusado de estar envolvido no atentado contra o senador paraguaio Robert Acevedo, foi recapturado hoje em Ponta Porã. Ele estava foragido desde maio, após ser resgatado de um presídio no Paraguai

Eduardo foi descoberto em uma operação feita entre o Garras (Grupo Armado de Repressão e Resgate a Assaltos e Sequestros) que deslocou duas viaturas hoje pela manhã até a cidade fronteiriça e a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Ponta Porã. A prisão acontece durante procura por outros fugitivos do presídio de Pedro Juan Caballero. Os seis fugitivos do presídio estavam em uma casa em Ponta Porã, lado brasileiro da fronteira, onde Eduardo também foi encontrado.

Eduardo foi trazido pelo Garras para Capital e foi encaminhado para a Agepen. Segundo o delegado do Garras, Rodrigo Yassaka, Eduardo deve ir para o presídio de segurança máxima.

(Atualizada às 14h55 para acréscimo de informações)

Leia Também