Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

Costa Rica

Acusado de tentar matar dentista é condenado

20 JUL 2012Por Gabriel Maymone10h:35

José Roberto Cardoso e Jair Gleijano de Oliveira foram julgados na manhã de ontem (19), acusados de tentar matar a dentista J.S.M., em 7 de julho de 2009, na cidade de Costa Rica. Em troca da morte por envenenamento, eles receberiam recompensa.

O conselho de sentença da 1ª Vara do Tribunal do Juri de Campo Grande condenou Jair a oito anos e oito meses de reclusão e absolveu José Roberto das acusações.

Segundo a denúncia, o crime teria sido encomendado pelo ex-marido da vítima, o pecuarista Oswaldo José de Almeida Junior, que também seria julgado ontem, mas a defesa pediu o adiamento da sessão e o desmembramento de seu julgamento, que deve acontecer no próximo mês.

Em relação a Jair Gleijano, os jurados entenderam que ele participou do crime ao contratar uma pessoa para matar a vítima e transportar o cadáver, além de fornecer todo o material para a execução do homicídio. Já em relação a José Roberto, acusado de contratar Jair para comandar o crime, foi absolvido, pois os jurados não aceitaram a tese da acusação.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também