Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Costa Rica

Acusado de tentar matar dentista é condenado

20 JUL 12 - 10h:35Gabriel Maymone

José Roberto Cardoso e Jair Gleijano de Oliveira foram julgados na manhã de ontem (19), acusados de tentar matar a dentista J.S.M., em 7 de julho de 2009, na cidade de Costa Rica. Em troca da morte por envenenamento, eles receberiam recompensa.

O conselho de sentença da 1ª Vara do Tribunal do Juri de Campo Grande condenou Jair a oito anos e oito meses de reclusão e absolveu José Roberto das acusações.

Segundo a denúncia, o crime teria sido encomendado pelo ex-marido da vítima, o pecuarista Oswaldo José de Almeida Junior, que também seria julgado ontem, mas a defesa pediu o adiamento da sessão e o desmembramento de seu julgamento, que deve acontecer no próximo mês.

Em relação a Jair Gleijano, os jurados entenderam que ele participou do crime ao contratar uma pessoa para matar a vítima e transportar o cadáver, além de fornecer todo o material para a execução do homicídio. Já em relação a José Roberto, acusado de contratar Jair para comandar o crime, foi absolvido, pois os jurados não aceitaram a tese da acusação.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Campo Grande terá voos extras para temporada de férias de julho
TURISMO

Capital terá voos extras para temporada de férias de julho

Brasil bate Itália com gol histórico de Marta e avança às oitavas do Mundial
COPA DO MUNDO FEMININA

Brasil bate Itália com gol histórico de Marta e avança às oitavas

STJ decide que acusados do incêndio na Boate Kiss vão a júri popular
UNANIMIDADE

STJ decide que acusados do incêndio na Boate Kiss vão a júri popular

Ladrões furtam madeira de ponte na área rural
TRÊS LAGOAS

Ladrões furtam madeira de ponte na área rural

Mais Lidas