Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

JULGAMENTO

Acusado de matar travesti a pauladas é condenado a 16 anos de prisão

Acusado de matar travesti a pauladas é condenado a 16 anos de prisão
29/08/2012 18:00 - BEATRIZ LONGHINI


Irondi Gonçalves, conhecido como Sobrinho ou Índio, foi condenado hoje (29) a 16 anos de prisão pela morte de Rui Manoel Gonçalves Ferreira, de 43 anos, no dia 25 de novembro de 2009, na Vila Marcos Roberto, em Campo Grande.

Segundo a denúncia, ele usou um caibro de madeira para matar a vítima e depois ateou fogo no corpo para destruí-lo. 

Durante o julgamento, Irondi alegou legítima defesa e negou o crime de ocultação de cadáver, porém, foi condenado a 14 anos de prisão pelo homicídio e a mais 2 anos por ter queimado o corpo. 

Felpuda


Dez vereadores da Capital mudaram de partido na tentativa de encarar a reeleição ou, dependendo do caso, disputar a vaga de vice-prefeito. Legendas foram “engordadas”, outras entraram em estado de inanição e outras ainda simplesmente sumiram do mapa. Que ninguém ouse perguntar a quem “trocou de camisa” qual a linha programática dos partidos em que agora estão filiados. Seria para eles, digamos, questão de pouca importância. Política tem dessas coisas...