Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande

Acusado de matar pedreiro por
R$ 200 é condenado a 17 anos

10 AGO 12 - 15h:15Gabriel Maymone

Marcelo Porto de Senas, 22 anos, foi condenado a 17 anos e seis meses de reclusão, em regime fechado, por matar a tiros o pedreiro Jucilei Andrade de Souza e ferir, também a tiros, um adolescente de 13 anos, sobrinho da vítima, no dia 4 de julho de 2010, no Bairro Nova Lima.

Segundo o processo, o réu responde pelo crime de homicídio por motivo fútil, com recurso que dificultou defesa da vítima, já que os tiros atingiram as costas do pedreiro. O motivo do crime seria uma dívida de R$ 200 que o acusado ainda não havia quitado com a vítima, referente a uma arma de fogo comprada por ele.

Ainda conforme os autos, o acusado responde também por tentativa de homicídio, já que também acertou um tiro no sobrinho da vítima. Marcelo está preso desde o dia 22 de setembro de 2010. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

MERCADO FINANCEIRO

Dólar recua 1% e tem maior queda do mês com declarações de Trump e Draghi

Nove são presos por suspeita de envolvimento com furto de cocaína em delegacia
INVESTIGAÇÃO EM SIGILO

Nove são presos por envolvimento com furto de cocaína em delegacia

Acusada de negligência, prefeitura renova licença do Alphaville 3
DEZ ANOS

Acusada de omissão, prefeitura renova licença do Alphaville

Austrália fica em segundo do grupo e vai às oitavas de final
COPA DO MUNDO FEMININA

Austrália fica em segundo do grupo e vai às oitavas de final

Mais Lidas