Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 20 de setembro de 2018

Costa Rica

Acusado de matar namorada de amigo a tiro é preso

15 JAN 2014Por Gabriel Maymone15h:00

A polícia civil de Costa Rica prendeu, no início da tarde desta quarta-feira (15), Samuel Garcia Queiróz, 20 anos, ele é acusado de matar a adolescente Thália Menezes de Amorim, no último domingo (12). As informações são do Eu Conto Tudo e Costa Rica em Foco.

O delegado de polícia civil, Cleverson Alves dos Santos, juntamente com sua equipe (Paulo Humberto e André Bitencourt), após várias diligências obtiveram informações que o acusado estava escondido na Fazenda Costa Rica, na região, onde realizaram a prisão.

Em entrevista ao Costa Rica em Foco, o delegado Cleverson relatou que o irmão do acusado esteve na Delegacia na manhã desta quarta-feira para saber como andava as investigações.

“Conversamos um pouco e em determinado momento o irmão nos contou que trabalha e mora em uma fazenda localizada há cerca de 20 km de Costa Rica, diante disso, resolvemos fazer as buscas no local”, disse o delegado.

O irmão de Samuel relatou ainda aos policiais que ele e a esposa estavam passando alguns dias em Paranaíba, logo a casa estaria trancada.

“Ao procurarmos a chave da casa que era guardada em um esconderijo percebemos alguma movimentação, como a chave não estava no local indicado pelo irmão do Samuel, resolvemos arrombar a porta. Realizamos as buscas no interior da casa e encontramos Samuel Queiroz escondido dentro da caixa ‘d’água”, relatou o investigador Bitencourt.

Em menos de três dias de buscas, os investigadores da Polícia Civil de Costa Rica colocaram as mãos em Samuel Queiroz. Ele está preso na Delegacia de Polícia Civil de Costa Rica a disposição da Justiça. “Quando perguntamos onde estava a arma do crime, Samuel declarou que havia jogado em um córrego”, declarou o investigador Paulo Humberto.

O caso
De acordo com a polícia, o namorado da menor, Victor Nyure Alves Ferreira, 20 anos, brigou com Samuel, que era seu amigo de infância. Depois disso, o casal foi para a residência de Victor. Samuel, que estava armado, tentou entrar. Primeiro, ele atirou e acertou a parede da casa. Para impedir a entrada dele, Thalia ficou segurando a porta. O acusado então efetuou um disparo que atravessou a porta e atingiu a menor.

Samuel estava com a prisão decretada desde o dia 12, e foi considerado foragido depois que não se apresentou a delegacia, após o crime.

O acusado já encontra-se recolhido na cela da delegacia de polícia civil de Costa Rica.

*Editada às 16h39min para acréscimo de informações

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também