Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DECISÃO

Acusado de matar mulher é condenado a 9 anos de prisão

Acusado de matar mulher é condenado a 9 anos de prisão
20/03/2014 08:45 - DA REDAÇÃO


Em julgamento realizado ontem (19) pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, o réu João Leite Batista foi condenado à pena de 9 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado por homicídio.

No dia 28 de abril 2011, na rua Senador Vergueiro, quadra 350, lote 07, no bairro Jardim Noroeste, em Campo Grande, o acusado matou a facadas Vanessa Silva Souza.

No dia do crime, a vítima e amigos estavam todos na mesma residência, sendo que, até então, não havia ocorrido nenhum tipo de desavença entre eles. Porém, quando Vanessa saiu da casa para comprar algo para que todos lanchassem, o réu foi atrás dela e, após uma discussão, desferiu as facadas.

Reunido em sala secreta, o Conselho de Sentença, por maioria dos votos declarados, reconheceu a materialidade e a autoria do delito cometido pelo réu. 

A juíza substituta Ana Carolina Miranda de Oliveira, em atuação na 2ª Vara do Tribunal do Júri, fixou a pena-base do réu em 14 anos de reclusão. Porém, em razão da semi-imputabilidade, a pena foi reduzida em 1/3 e fixada em definitivo em 9 anos e 4 meses de reclusão em regime fechado.

Felpuda


Figurinha começou a respirar aliviada, embora ainda esteja na corda bamba. Isso porque mudou de mãos o processo cuja sentença poderá mandá-la para casa definitivamente. Assim, pela “jurisprudência” com a qual o “analista” é conhecido, pode ser que o resultado seja bastante favorável, permitindo que a então desesperada pessoa continue com o assento em Brasília. Vamos ver!