domingo, 22 de julho de 2018

Acusado de matar jovens em Goiás cometeu suicídio, confirma IML

19 ABR 2010Por 14h:54
     

        O IML (Instituto Médico Legal) de Goiânia (GO) informou que a perícia realizada no corpo do pedreiro Adimar Jesus da Silva constatou "morte por asfixia". Ele foi encontrado morto na cela onde estava preso na Denarc (Delegacia de Repressão a Narcóticos). O pedreiro era acusado de matar seis jovens em Luziânia, cidade goiana no Entono do Distrito Federal. Segundo informações do IML, não havia no corpo do pedreiro marcas de perfuração. Além disso, o exame toxicológico não constatou a ingestão de nenhuma substância. O laudo oficial deve ficar pronto em dez dias e o corpo deve ser liberado para a família em dois ou três dias.

        Com informações da Folha Online

Leia Também