JUSTIÇA FEDERAL

Acusado de matar jornalista no MA é transferido para MS

Acusado de matar jornalista no MA é transferido para MS
25/08/2012 11:45 - Gabriel Maymone


Foi transferido na manhã deste sábado (25), o assassino confesso do jornalista Décio Sá. Jhonatan de Sousa Silva, de 24 anos, foi encaminhado para a penitenciária federal de Campo Grande.

Segundo informações da Secretaria de Segurança Pública do Maranhão, ele embarcou em um voo comercial, escoltado por três agentes federais. A escolta da carceragem até o aeroporto foi feita por uma equipe do Grupo Tático Aéreo.

O secretário afirmou ainda que a transferência de Johnatan de Sousa se deu por questões de segurança. "A possibilidade de ele ficar no Estado [Maranhão] foi afastada, pelo comprometimento de várias pessoas no caso. Desde o primeiro momento, já tínhamos decidido que ele seria transferido, solicitamos ao Departamento Penitenciário Nacional e fomos atendidos. Essa transferência é válida para dois anos, mas pode ser prorrogada. Eu acredito que ele ficará lá até o cumprimento de boa parte da pena. Eu acredito que ele vai ficar por lá muito tempo, até por opção dele", disse.

Com informações do site G1/ Maranhão

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".