Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 21 de setembro de 2018

BAIRRO MÁRIO COVAS

Acusado de
matar ex-mulher
é capturado

13 JAN 2014Por TARYNE ZOTTINO09h:00

Anderson César Firmino, de 24 anos, acusado de matar a ex-mulher, Laída Andréia Samulha Romualdo, 35, a pedradas, foi capturado na manhã de hoje (13), no Bairro Mário Covas, em Campo Grande, pela Polícia Militar. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Atendimento à Mulher, onde prestará depoimento. A agressão aconteceu no dia 31 de dezembro, mas só foi registrada na última sexta-feira (10). A mulher morreu na quinta (9), na Santa Casa.

O homem possui extensa ficha criminal, sendo preso em julho do ano passado por ameaçar Laída com uma arma de fogo, porém, ficou atrás das grades por apenas três meses. Segundo a polícia, o motivo da agressão seria porque a mãe de Anderson deu R$ 50 para Laída comprar presente para os filhos. Sabendo que a ex-mulher estava com o dinheiro, Anderson foi tirar satisfação. Ele pediu que ela devolvesse o dinheiro, mas Laída informou que já havia comprado os presentes para os filhos. Revoltado, Anderson começou a atirar pedras na ex-mulher, acertando o braço e abdômen.

Enquanto voltava para casa, a mulher começou a se sentir mal e foi socorrida por uma pessoa que a levou até a casa, mas ela piorou e foi encaminhada ao hospital, sendo internada na UTI da Santa Casa. Segundo a assessoria da Polícia Civil, Laída tem um histórico de B.Os registrados contra o ex-companheiro, desde 2008. O mais grave foi em julho do ano passado, quando Anderson teria feito ameaças a ela com uma arma de fogo. Ele foi preso pela posse da arma e foi solto três meses depois. Anderson também já foi autuado por crimes como violência doméstica, desacato, roubo, entre outros.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também