Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande

Acusado de liderar grupo criminoso consegue liberdade provisória

22 AGO 12 - 16h:00BEATRIZ LONGHINI

Albino Salazar Bento, de 46 anos, preso no dia 29 de junho acusado de liderar um grupo criminoso responsável por cinco roubos a cofres e caixas eletrônicos no Estado teve o pedido de liberdade concedido ontem (21) pelo Tribunal de Justiça.

Segundo o pedido de habeas corpus, ele está preso há quase 60 dias e até agora não foi denunciado. A defesa alega constrangimento ilegal, por excesso de prazo.

De acordo com a polícia, o grupo liderado por Albino é acusado de cinco roubos a cofres e caixas eletrônicos. Quatro deles aconteceram na Capital e um em Terenos.

Além das digitais de Albino terem sido encontradas na caixa de papelão onde estava o maçarico em assalto ocorrido em novembro do ano passado, ele também foi denunciado pela posse de dois veículos utilizados nas ações da quadrilha. Os carros foram encontrados na sua casa, na Vila Sobrinho. 

A última ação do grupo aconteceu no dia 15 de março, no supermercado Mister Júnior, onde explodiram o terminal de auto atendimento e fugiram em um Corsa Sedan, que foi apreendido. A polícia também apreendeu um veículo Peugeot 207 usado pela quadrilha em dois dos assaltos. Conforme a polícia, Albino fazia todo o levantamento dos locais para planejar os roubos. Ele nega todas as acusações.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

CORREIO DO ESTADO

Confira o editorial desta quarta-feira: "Mudanças necessárias"

CORREIO DO ESTADO

Odilon de Oliveira: "Imposto de renda e aposentadoria por invalidez"

Advogado e juiz federal aposentado
OPINIÃO

Yuri Murano: "Responsabilidade civil dos objetos lançados dos prédios"

Advogado
1° TABELIONATO DE PROTESTO

Edital de Intimação do município de Campo Grande 17/07/2019

Mais Lidas