Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Acusado de estupro é preso pela Guarda Municipal no Taveirópolis

14 SET 10 - 09h:47

DANIELLA ARRUDA

Michel Morrissey Davalos Bispi, de 19 anos, foi preso anteontem à noite, acusado de abusar sexualmente de uma mulher de 36 anos no Jardim Taveirópolis. O suspeito foi detido na Rua Albert Sabin, a uma quadra do local do crime, por uma guarnição da Guarda Municipal, que realizava ronda pelo Estádio Elias Gadia e prédios públicos da prefeitura na região e ouviu os gritos de socorro da vítima, perseguindo e capturando o suposto agressor.
O caso, que pela nova legislação passa a ser enquadrado como tentativa de estupro, ocorreu por volta das 21h30min de domingo. A vítima estava sentada em frente da casa da sogra, acompanhada da proprietária da residência, das filhas de cinco e quatro anos de idade e de dois enteados de 17 e 18 anos, quando foi abordada pelo agressor, que a prensou em um muro, abaixou sua blusa e apalpou seu corpo, fugindo em seguida. Os enteados da mulher saíram em busca do acusado e nesse momento, a viatura da Guarda Municipal passou pelo local e a mulher pediu ajuda, relatando a agressão.
A cerca de uma quadra da residência, o acusado foi detido, imobilizado e algemado pelos guardas municipais. Depois de ser reconhecido pela vítima e confirmar ser autor do abuso, ele teve que ser retirado às pressas do local, sob risco de linchamento de alguns moradores. Michel foi encaminhado para o Centro de Polícia Especializada (Cepol).

Inusitado
A ocorrência de anteontem é inusitada dentro da rotina de trabalho da Guarda Municipal, que tem como principal missão patrulhar os prédios públicos da Capital. Mas de acordo com o coordenador da Guarda Municipal, tenente-coronel Paulo César Monteiro Ayres, numa situação de flagrante delito os guardas municipais podem, assim como qualquer cidadão, dar voz de prisão a alguém que tenha furtado, roubado ou cometido tentativa de estupro, a exemplo do que ocorreu anteontem. “Eles são agentes de segurança pública municipal e como têm poder de polícia administrativa, dentro da sua jurisdição, podem e devem atuar dessa forma, desde que a situação não ponha em risco a integridade física deles”, explicou.
Ainda conforme o coordenador da Guarda Municipal, uma parcela do efetivo vem sendo treinada diariamente como grupo tático operacional. A expectativa é que todos passem por curso de qualificação no Centro de Formação e Aperfeiçoamento Profissional (CFAP) ainda neste ano. Além disso, segundo o tenente-coronel Ayres, a prefeitura já convocou mais 104 aprovados no concurso da Guarda Municipal para compor o efetivo da corporação, que passará a ter cerca de 1,2 mil agentes.
Em agosto, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB) protocolou, em Brasília, projeto pleiteando recursos de R$ 3 milhões do Ministério da Justiça, por meio do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), para armar, comprar viaturas e equipamentos mais modernos para a Guarda Municipal da Capital.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

RESTRIÇÃO

Trump limitará vistos para grávidas para frear 'turismo de maternidade'

Mesmo sem confirmar convite, Regina Duarte escolhe 'número 2' da Cultura
SECRETARIA

Mesmo sem confirmar convite, Regina Duarte escolhe 'número 2' da Cultura

NESTE ANO

Governo vai alterar sistemática de correção do salário mínimo, diz Waldery

Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras
REAJUSTE

Petrobras reduz preço da gasolina e do diesel para distribuidoras

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião