Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

Crime

Acusado de estupro é morto e suspeito é pai de vítima

27 JUL 2012Por VÂNYA SANTOS13h:00

Mauro Garcia, de 30 anos, foi assassinado com golpes de facão no começo da manhã de hoje (27). O crime aconteceu numa obra, que fica em uma das margens da BR-163, em Coxim. A vítima recebeu vários golpes de facão na região da cabeça, teve um dedo decepado e ficou com o rosto desfigurado. O principal suspeito é o padrasto de uma menina de 11 anos, que teria sido estuprada por ele em março deste ano. Conforme a perícia, um dos golpes na cabeça foi tão forte que quase partiu o crânio. 

De acordo com o delegado Bruno Henrique Urban, a vítima respondia a pelo menos três inquéritos de estupro na Delegacia de Atendimento a Mulher (DAM). A expectativa do delegado é que o autor do assassinato se entregue nas próximas horas. Além dos estupros, a Polícia Militar informou que a vítima tinha passagens por outros crimes, como ameaça, lesão corporal dolosa e violência doméstica.

Segundo testemunhas, a briga envolvendo assassino e vítima começou a cerca de 200 metros da obra, onde a vítima levou um golpe na orelha esquerda. Machucado, Mauro correu, mas foi seguido pelo autor, que desferiu outros golpes.

No mês de março, a criança de 11 anos disse que acordou de madrugada com um homem em cima dela. Assustada, a menina perguntou quem era e o criminoso respondeu que era seu tio. A partir deste momento, começou a acariciá-la, inclusive em seu órgão genital. A menina gritou e foi socorrida pelo padrasto, que entrou em luta corporal com o autor. Mesmo de cueca, ele fugiu do local.

Com informações do Edição de Notícias 

(Atualizada às 13h50 para acréscimo de informações)

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também