Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

Campo Grande

Acusado de atirar contra jovem pode ter adquirido bens graças a roubos

13 JUL 2012Por michelle rossi e taryne zottino14h:15

Apontado pela polícia como autor dos disparos contra Felipe Pedra Nogueira, 19, em roubo de malote ocorrido na última quarta-feira (11), Jeová Felismino, de 41 anos, está preso e agora a Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos (Derf) investiga seu patrimônio. Conforme a polícia, o homem já tem passagens por roubo de malotes. 

 “Estamos levantando informações acerca do patrimônio dele, mas parece que ele têm vários bens como imóveis e comércio. O que a gente quer é que ele comprove a origem do dinheiro para a aquisição desses bens”, declarou o delegado Fábio Peró, da Derf. Segundo informações, Jeová tinha a atividade de piscineiro, mas passou a ter evolução de patrimônio com a prática de roubos.

Caso

A vítima carregava dois malotes e seguia em direção à agência do Banco do Brasil, localizada na Avenida Júlio de Castilhos, quando foi abordada pelo assaltante armado. Os dois entraram em luta corporal e Felipe foi atingido com um tiro na perna. Em seguida, o acusado fugiu levando um dos malotes. O dinheiro ainda não foi encontrado e Jeová nega qualquer participação no crime. 

Ele foi indiciado por roubo qualificado por emprego de arma e concurso de pessoas. Segundo a polícia, ele tem um filho preso, um irmão foragido e um sobrinho na condicional pelo mesmo crime. A vítima já saiu do hospital e passa bem.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também