Campo Grande - MS, segunda, 20 de agosto de 2018

Acusação contra grampos ilegais baseiam defesa de prefeito de Bonito

10 SET 2008Por 21h:10
     

        O Prefeito do município de Bonito, à 257 km de Campo Grande, José Arthur Soares de Figueiredo e o presidente da Câmara dos vereadores, Paulo Joel de Rezende, ambos candidatos a releição, acusaram a coligação rival, de utilizar grampos ilegais com equipamentos adquiridos no Paraguai, para basear o pedido de cassação do registro de candidatura dos dois políticos. A suposta voz do vereador aparece em gravações oferecendo pagar divida de luz atrasada e oferecendo gasolina à dois eleitores em troca de voto, tanto para ele e como para o atual prefeito, as conversas teriam sido gravadas pelos próprios eleitores.

Leia Também