Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

Acre investiga 50 mortes por envenenamento

21 SET 2008Por 09h:00
     

Um levantamento realizado junto à Assembléia Legislativa do Acre mostrou que, desde 1994, cerca de 50 pessoas morreram devido a envenenamento por um inseticida. De acordo com a Folha de S.Paulo, 450 ex-agentes da extinta Superintendência de Combate à Malária (Sucam) têm suspeita de contaminação por manipularem DDT (diclorodifeniltricloroetano).

 

Segundo a deputada estadual Idalina Onofre (PPS-AC), da comissão parlamentar que apura os casos de contaminação, os ex-agentes não receberam nenhum treinamento para lidar com o DDT.

 

Com informações do Terra

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também