Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

REGIÃO CENTRAL

Açougueiro é morto e polícia suspeita de colega de quarto

Açougueiro é morto e polícia suspeita de colega de quarto
21/01/2014 09:00 - taryne zottino e laura holsback


O açougueiro José Odécio Gomes da Fonseca, de 41 anos, foi encontrado morto na noite de ontem (20), no quarto onde vivia, localizado na Rua Gutemberg, região central de Campo Grande. O corpo estava enrolado em cobertores, apresentava um corte na região do pescoço e estava começando a se decompor.

A perícia constatou que José estava morto há pelo menos dois dias.

Segundo a polícia, a vítima dividia a casa com um homem, que é o principal suspeito de ter cometido o crime. O veículo de José, um Gol, não foi encontrado no local. Vizinhos disseram que uma televisão de LCD também não estava no local.

De acordo com a polícia, a chefe do homem afirmou que ele havia recebido R$ 1,8 mil, quantia não encontrada. 

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!