Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ACORDO

Acordo nuclear entre Irã e potências vai entrar em vigor em 20 de janeiro

Acordo nuclear entre Irã e potências vai entrar em vigor em 20 de janeiro
12/01/2014 18:45 - g1


O acordo alcançado entre o Irã e as potências mundiais no fim de novembro sobre o programa nuclear iraniano será aplicado a partir de 20 de janeiro, anunciaram neste domingo (12) o ministério iraniano das Relações Exteriores, a principal diplomata da União Europeia e a Casa Branca.

"A aplicação do plano de ação conjunto começará no dia 20 de janeiro", declarou o porta-voz do ministério, Marzieh Afjam, citado pela agência Mehr.

Catherine Ashton, chefe da diplomacia europeia, representou as chamadas seis potências -EUA, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha- na última rodada de negociações, nesta semana. Ela afirmou que as partes vão pedir à agência nuclear da ONU para que verifique a implementação do acordo.

Vamos pedir a AIEA para realizar as atividades necessárias de monitoramento e verificação relacionados com o acordo nuclear", disse Ashton em comunicado.
Seis meses

O acordo provisório alcançado em Genebra em 24 de novembro de 2013 estabelece um congelamento durante seis meses de algumas das atividades nucleares mais sensíveis do Irã, limitando o enriquecimento de urânio a 5%, em troca de um levantamento parcial das sanções econômicas impostas pelo Ocidente.

As potências e Israel temem que o Irã use seu controverso programa nuclear para fins militares, o que Teerã repetidamente nega.

O governo israelense criticou várias vezes o acordo, que considera um "erro político".
Obama

O presidente dos EUA, Barack Obama, comemorou o anúncio, mas ressaltou que é preciso trabalhar mais para que se obtenha um acordo de longo prazo, apesar de "não ter ilusões" de como isso é difícil de obter.

Felpuda


Engana-se quem acha que diminuiu a voracidade de ter fatia de cobiçado bolo por parte de “quem manda”. O recuo realmente houve, mas só por enquanto e por uma questão de estratégia, até porque, nas primeiras investidas, as portas não se abriram. E continuam fechadas. Mas quem conhece bem a dita figurinha aposta que ela não desistirá até encontrar, digamos,  um “chaveiro amigo”. Essa gente não sossega nem diante da pandemia... Afe!